sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Como saber se um perfume é original?

Bem... Tal tarefa pode ser bem simples, quando o nome ou  a embalagem ajudam. Geralmente os perfumes ditos falsificados são, na verdade, inspirados em fragrâncias originais e aparecem em frascos diferentes, remetendo-nos apenas à cor da embalagem ou ao formato do nome. É o caso do perfume abaixo, imitando o clássico Azzaro:



Em muitos casos, há uma embalagem padrão da marca e as fragrâncias aparecem enumeradas. Só o vendedor tem acesso aos referentes dos números, para facilitar-lhe a venda. Veja o exemplo:



Nesses casos, porém, não se pode acusar o fabricante de plagiador ou golpista, uma vez que seus produtos não são comercializados utilizando-se do nome ou do frasco referentes aos perfumes originais.

Uma outra forma de falsificação (nesse caso o termo é adequado) bem mais grave é a dita pirataria. Nesses casos, utiliza-se o nome, o cartucho e o frasco idênticos ao do produto original. E, dependendo da "qualidade"   da falsificação, pode ser bastante complicado para um leigo identificar o crime do qual está sendo vítima. Sim, porque um usuário fiel de um determinado perfume pode ser enganado se não estiver devidamente atento ou se não conhecer profundamente a sua fragrância.
Uma boa dica é observar o número de série ou lote presente no fundo da embalagem (do frasco). Este deve ser idêntico ao que se encontra no fundo do cartucho (ou caixa). Caso isso não seja possível, é hora de experimentar a fragrância. Engana-se quem pensa que só os perfumes originais deixam uma marca oleosa no local da aplicação. O ideal é conhecer, de fato, o perfume. Costumo dizer que os perfumes falsificados não têm profundidade. E isso é verdade. Uma fragrância pode até ser bem parecida com outra original, mas durante a evolução, percebe-se a ausência das notas de base ou uma profunda diferença entre elas. A grosso modo poderíamos dizer que o perfume falsificado é mais aguado e não tem "personalidade". Pode ser idêntico no início, mas tudo o que ele é não passa desse início, ou seja, não evolui, não se transforma na pele e se esvai com o mesmo aroma que chegou.
A verdade é que vale a pena gastar um pouquinho mais com um perfume de qualidade.
Bem... É isso! Espero ter ajudado!

17 comentários :

  1. Adorei a dica de como saber se um perfume é original!!!
    Vc disse tudo... Perfume falsificado não tem "personalidade"...rsrs

    Bjuuu Calízia Mariath

    ResponderExcluir
  2. Adorei à dica obrigado

    ResponderExcluir
  3. Compramos um Chanel N 5 - eau de parfum - 100ml como original. A pessoa que vendeu disse que ao viajar para o exterior trouxe para um parente e que não gostaram, então estava sem a caixa. No vidro está grafado no fundo o endereço de New York, N.Y. 10019 - Made in USA e no verso do adesivo também, ele tem uma boa fixação. Não achei nr de série e a cor já mudou, está ficando avermelhado. Então devo concluir que este é pirata, como eu já desconfiava desde que comprei?
    Edmar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem nada de errado com seu perfume. Trata-se de uma fragrância de concepção francesa, mas não impede que seja produzida em diferentes partes do mundo. Veja a Coca-Cola, por exemplo. Em meu frasco consta Made in France, mas ao lado existe um selo Chanel NY, com a mesma numeração. Sobre a cor, é mais que natural isso acontecer.

      Excluir
  4. comprei um azzaro pelo site da Sephora, em baixo do frasco veio o numero de serie em um "adesivo", um outro que eu comprei na Renner loja fisica, veio com o numero de serie em alto relevo. apesar dos modelos de perfumes serem diferentes, e com qualidade, qual dos dois eh falsificado ou nenhum dos dois? gostaria de saber quem ja tem outros Azzaros para me falar como esta em seu frasco para concluir melhor essa minha duvida... obrigado

    ResponderExcluir
  5. Compre um Azzaro na Renner (loja fisica) e outros na Sephora (loja virtualde grande status)
    no perfume da Renner, o numero de serie veio em Alto relevo, enquanto no da Sephora em um "adesivo". Ambos com fragrância de qualidade, e por nunca ter usado esses nao sei reconhecer pelo cheiro se eh original ou nao. gostaria de saber se alguem tem algum frasco Azzaro com a certeza da originalidade e me esclarecer essa duvida de qual dos dois são falsificados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão da presença do selo o udo alto relevo não define se o perfume é ou não falsificado. Veja o número de série e compare ambos os perfumes na pele. Se houver imitação, vc saberá.

      Excluir
  6. A UP ESSENCIA TRABALHA COM 22% DA ESSENCIA EM TODOS OS PERFUMES! ENTAO QUANTO MAIOR A CONCENTRAÇAO 25,30 40, ETC MAIOR DURABILIDADE QUALIDADE E PRINCIPALMENTE O VALOR. EXEMPLO: TEM PEQUENAS PORÇOES 30 ML SOBRE ENCOMENDAS QUI CUSTAM ENTRE 2000 A 3000 MIL ETC....

    ResponderExcluir
  7. Vejamos: as letras e o código de barras não contém rasuras ou erros de ortografia; o número de série que está impresso na caixa é o mesmo que está impresso a laser no frasco; o tamanho da embalagem e frasco correspondem a 100ml / 3.4 Fl. Oz; a embalagem veio envolvida em película com o selo em nome da marca sem nenhum erro e 95% justa a caixa, e mesmo assim tenho minhas dúvidas se é original ou não porquê percebo que a fragrância EDT não se prolonga por digamos 8 horas, isto no Azzaro Intense.

    Um fato que me deixou surpreso, uma vez que, a fragrância tem duração de 6 a 8 horas e já não a sentia mais, é que aproximadamente 10 horas depois de colocada, quando em momento calientemente caliente com minha amada, a fragrância nos envolveu deliciosamente por um longo período.

    A pergunta é a seguinte: Podemos considerar este momento intermitente como um teste para autenticar a originalidade do perfume?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando nosso corpo esquenta, é normal que os óleos essenciais que compõem a base do perfume se acendam. Isso ocorre com perfumes nacionais ou importados. No seu caso, a melhor forma de identificar se o perfume é original ou não, já que o sentiu após dez horas, é pela própria fragrância. Dificilmente uma pessoa fiel a um perfume seria enganada ao aspirar sua versão falsificada.
      Muitas vezes, temos a impressão de não estarmos sentindo a fragrância, no entanto, outras pessoas a sentem. Isso se chama "acomodação olfativa".
      Sobre o Azzaro Intense, por incrível que pareça, considero-o menos intenso em minha pele do que o tradicional.

      Excluir
    2. Amigo Cris comprei um Animale for men e tô achando ele muito muito fraco. vc conhece algum padrão da marca que me ajude a descobrir a falsificação?

      Excluir
  8. comprei um one million, tem 99% de embalagen correspondente a ser original, digamos sem duvidas! minha duvida é em relaçao a fragancia, sinto o cheiro muito forte ao borrifar na pele, depois de mais ou menos 2 horas eu já quase nao sinto muito o cheiro, eu nunca tinha usado este perfume é a primeira vez.
    pouco tempo depois ki o borrifo na pele as pessoas comentan me elogia e tal, mais eu mesmo nao sinto muito o cheiro, principalmente umas 2 horas depois ki o borrifei, e todos falam ki sua fixaçao e projeçao é absurda
    sera ki isso é normal? ou pode ser um perfume falso? mais se for falso é uma coisa muito muito muito identica, a melhor falsificaçao do planeta, ou se nao for o problema sou eu mesmo ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jefferson, é possível que o perfume não tenha se adequado a sua pele. Isso pode acontecer. Por exemplo: amo Armani pour Homme, o tradicional. Mas ele não dura mais que três horas em minha pele. Isso é possível. Outra coisa: existe o que chamamos de acomodação olfativa. Seus sensores acabam se acomodando e se acostumando ao cheiro de um perfume. Procure borrifar longe das narinas, de preferência, na nuca, pulsos e na roupa também, de leve.

      Excluir
  9. Respostas
    1. João Victor: sem querer excluí sua pergunta, mas vai aqui a resposta: embora a fórmula seja mantida, a qualidade das essências utilizadas pode variar, ou até mesmo o odor, por influência de diversos fatores, como o clima, no caso da produção de alguma matéria prima (natural). No livro "Diário de um Perfumista" o enunciador fala sobre isso, usando como exemplo, se não me engano, o jasmim. Acontece que, hoje, quase todos os componentes utilizados em um perfume são sintéticos e, por isso, tem-se maior controle em laboratório. Outra coisa: as correções, creio eu, sempre são feitas por meio de recursos tecnológicos, quando algum lote não ocorre de forma idêntica ao anterior.
      Mesmo assim, João, para os narizes mais sensíveis, acredito que seja possível identificar alguma nuance distinta entre um lote e outro...

      Excluir

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!