segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Cervo Almiscareiro

Pois é, gente. Depois de descobrirem que até "vômito" de baleia é ingrediente para perfumes sofisticadíssimos, não vão estranhar mais esta: a conhecida essência "musk" ou "almíscar" é derivada de um ruminante de nome "cervo almiscareiro" pertencente ao gênero Moschus. Moschus Moschiferus, nativo da Índia e da China. É um animal semelhante ao cabrito montês, agressivo e solitário. Sua caça é proibida. É por isso que dizemos que a tecnologia também trabalha em função da natureza. Hoje a indústria química conseguiu sintetizar esse odor e não são mais necessários os animais para se conseguir tão quente e sedutora essência. Antes eram mortos 20 cervos para se conseguir as bolsas glandulares desses animais e se fazerem apenas 454 gramas (gramas) de Almíscar. O que não se faz para se ter um pouco de luxo, né, gente? Portanto, evitem consumir perfumes se souberem que contêm a essência natural de almíscar.
Bom é saber que, além da essência sintética criada em laboratório, há também plantas com odor semelhante já usadas na perfumaria, o que acaba portegendo esses animais.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Participe deste blog. Vamos trocar experiências olfativas!